E se não for como planejamos ??!! — Minha terceira meia maratona

10 Maneiras de Ser Mais Ativo no Seu Dia a Dia Sem Ir a Academia !
08/05/2016
Casal de 80 anos comemora 57 anos de casados correndo uma maratona
26/06/2016
Exibir tudo

E se não for como planejamos ??!! — Minha terceira meia maratona

Esse último domingo (29-05-2016) eu corri minha terceira meia maratona, e vim aqui dizer que não foram os meus melhores 21km  ! Explicarei…

Esclarecendo desde já que eu não vivo de correr, não sou obrigada a correr, mas sou muito exigente com meus resultados e competitiva comigo mesma, quero sentir sempre que estou melhorando !

Toda a minha preparação para essa corrida foi conturbada, afinal sou mãe de uma criança de 3 anos, sou médica e trabalho bastante, tenho minha casa, um marido e família para dar atenção, mas me esforcei ao máximo e segui minhas planilhas de treino, os treinos aos finais de semana ( longos ) e segui minha dieta adequadamente para não chegar pesada no dia da prova, resumindo, dentro das minhas possibilidades de tempo e rotina eu fiz o melhor que pude ! Porém nessas horas imprevistos acontecem e no último domingo entendi a frase ” nem tudo sai como planejamos”.

Primeiramente eu não me organizei direito para a viagem, moro em São Paulo e a prova seria no Rio de Janeiro, tenho um filho de 3 anos e ele não iria viajar comigo, portanto eu não queria ficar muitos dias longe, acabei comprando uma passagem para ir no sábado de tarde para o Rio, não me dei conta que seria o último dia para retirada do kit da corrida e que eu não chegaria a tempo, pois bem, a sorte foi que minha amiga Nathalia Soares, tinha ido antes e pegou o meu kit e me entregou no sábado a noite. Uma dica aqui para quem for fazer provas fora da sua cidade, leia antes atentamente o regulamento, dias e horários, planeje bem as rotas de um local ao outro para que não saia nada errado !

Segundo, reservei um hotel próximo à largada da prova, afinal a largada seria 6:45 da manhã e fiquei com medo de me atrasar, nesse ponto a escolha foi boa pois quem se hospedou próximo a linha de chegada teve trabalho para conseguir chegar no horário na linha de largada, porém o pessoal da minha equipe de treinamento estava todo hospedado na linha de chegada, então eu estava sozinha o que não foi nada legal, larguei sozinha e corri a prova toda sozinha e isso pesou bastante também.

Na noite anterior encontrei com a Nathalia e seu marido, fomos jantar o famoso jantar de massas e foi tudo ótimo, voltei cedo, preparei tudo para o dia seguinte e fui dormir ansiosa rsrs .

corrida rio de janeiro

E por fim, já no dia da corrida tudo planejado, organizado, acordei por volta de 4h30min da manhã para ter certeza que daria tudo certo, tomei café da manhã (comer o que esta acostumado) no hotel, que abriu mais cedo por conta do evento, caminhei por 20 minutos até o ponto da largada, ( fiz uma conferencia da distância um dia antes da prova ) tomei um gel ( uso o Accel gel) e 1/2 gatorade e fiquei esperando dar a hora da largada, fui ao banheiro só para garantir, nessa hora algumas seguidoras me reconheceram e pediram fotos e foi super legal pois eu adoro conhecer vocês, e fui para a fila da largada, estava muitoooo muitoooo cheio e não encontrei ninguém conhecido, assim que foi dada a largada às 6h45min tive ainda que caminhar até realmente conseguir correr devido ao grande número de participantes na prova.

A partir daí foi bem emocionante, ver o sol nascer do elevado do Joá e neste ponto eu estava super bem, a vista por toda a prova é SIMPLESMENTE INCRÍVEL, passei São
Conrado e cheguei na famosa Avenida Niemeyer ( 800m de subida), na hora me lembrei do que minha amiga Nathalia Soares ( estava fazendo sua primeira maratona aquele dia) me disse, ” Não ande, coloque o ritmo na sua cabeça 1,2,1,2,1,2 tipo soldadinho e não olhe para as pessoas que estão andando e parando, você consegue!”, e fiz isso e consegui passar tranquila, o meu problema foi por volta do km 12 quando precisava muito ir ao banheiro, acabei não encontrando banheiro da prova e tive que parar em um banheiro público da praia, esses são cobrados e por isso perdi aí uns 5 minutos até pagar para poder entrar e voltar para a corrida, essefoto giuli pansera meia maratona do rio ponto foi onde eu me perdi, fiquei chateada e desestabilizei, perdi o foco e meu rendimento daí para frente não foi bom. Em Copacabana eu estava quase andando quando escutei uma voz dizer, ” vamos Giuliii” olhei para trás e era outra seguidora e ela começou a falar comigo e
me distraiu, foi muito importante para que me fizesse continuar correndo naquele ponto ! Acabei terminando a corrida com mais de 2 hs e não era o que havia planejado, pensava não foi para isso que treinei tanto, que abri mão de horas de sono, de sábados de manhã com a família, de pizzas, doces e bobeirinhas pelos últimos 6 meses. Cheguei e fui para a tenda VIP da Maratona, a convite dos meus parceiros do EU ATLETA, onde haviam milhares de coisas gostosas para comer, beber, massagem e música animada, e eu, eu só conseguia sentar em um canto no gramado e pensar poxa vida que saco, perdi meu tempo e ainda vou descepcionar aqueles que me ajudaram pelo caminho! Fiquei pelas próximas 2 horas ali sem falar com ninguém, só refletindo e olhando o pessoal chegar da meia e da maratona, uns em ótima forma e animados, outros capengando e acabados, mas todos com um sorriso no rosto de satisfação por ter terminado, por ter se superado afinal não é fácil correr por 21km, imagina 42, não importa seu tempo você tem que estar orgulhoso de fazer isso ! Então entendi, realmente eu não podia ficar chateada, o esporte é isso mesmo temos dias bons e dias ruins, estamos sujeitos à intereferência de fatores extrenos e não importa se treinamos muito ou não, algumas coisas fogem das nossas mãos.

foto giuli pansera meia maraona do rio 3

E quando não sai exatamente como planejamos?! Levante-se, olhe para frente, reavalie os seus erros, trace novas metas, faça novos planos para atingí-las e vida que segue, o mais importante é NUNCA DESISTIR  e sempre ter como objetivo principal se superar!final maratona do rio 2016

Me encontrei com meu treinador, Julio Dotti da LIMITE TEAM, que tinha acabado de completar a sua 10° maratona, e ele logo me consolou com palavras sábias de um triatleta experiênte que é, e disse que é assim mesmo, ainda estou nova no esporte e existirão muitos dias ainda que não saírão exatamente como o planejado, mas isso não significa que eu não tenha me dedicado o bastante e nem que na próxima eu não vá conseguir, me contou algumas experiências frustradas que ele também já viveu, afinal são muitos anos no esporte e me fez refletir um pouco mais e vir aqui contar a experiência para vocês !chegada 21k maratona do rio 2016

Próximo desafio, W21 da Asics em SP, fará 1 ano que eu fiz minha primeira meia maratona, e quero fazer meu melhor tempo nos 21k !! De volta aos treinos e foco no próximo alvo !!

 

 

 

Por Giuli Pansera

 

Giulianna Pansera
Giulianna Pansera
Eu sou a Dra. Giulianna Pansera, médica endocrinologista, mãe, maratonista e promotora da vida saudável. Eu escrevo este blog como forma de motivar as pessoas a estudarem mais sobre os benefícios que o estilo de vida saudável pode oferecer e apoiar as boas escolhas alimentares e esportivas. Você pode me acompanhar por aqui e em meus outros canais, no Insta e no YouTube. Em "Sobre a Giuli" você pode ver o meu perfil completo!

3 Comentários

  1. Luciana Azevedo disse:

    Bom dia Giuli, realmente ficamos frustradas quando as coisas não sai como planejamos, ainda mais quando se trata de um longo planejamento, mas a vida é assim… Linda como sempre
    Bjos

  2. Michele disse:

    Nu, emocionante demais essa matéria. Segue como força de VONTADE.. nem tudo sai como planejado mas tudo da certo e sempre aprendemos com as situações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *