6 MAJORS – Maratona de Berlim

Minha primeira Maratona – Berlin 2017
20/10/2017

6 MAJORS – Maratona de Berlim

Esta publicação faz parte da série 6 MAJORS, sobre as seis maiores maratonas do mundo.
Iremos começar com a maratona de Berlim: minha primeira maratona!
Quem já me acompanha no Instagram @giulirp e meu canal no YouTube já sabe que em setembro de 2017 completei a minha primeira maratona. Foram 41.195km correndo sem parar! A prova é conhecida pelo seu percurso plano e rápido, o que possibilita a quebra de marcas pessoais e recordes mundiais, como foi o caso do queniano Dennis Kimetto, que estabeleceu a melhor marca mundial em 2014, com 2 horas, 02 minutos e 57 segundos. A Maratona de Berlim compõe uma das seis principais provas da modalidade, a World Major Marathons, juntamente com as de Nova York, Boston, Londres, Tóquio e Chicago, que irei participar em outubro de 2018.
Criada em 1974 por um grupo de atletas do clube SC Charlottemburg, sua primeira edição foi disputada por apenas 286 atletas, com um percurso quase integralmente dentro da floresta de Grunewald, uma área em volta de Berlim Ocidental. Hoje, depois de ganhar as ruas da cidade e do fim da divisão de Berlim, ela é uma maratona muito rápida e de alto nível atlético, por ser disputada sob condições climáticas adequadas e num percurso plano, sem grandes elevações. Seus altos prêmios em dinheiro atraem anualmente alguns dos melhores maratonistas do mundo de ambos os sexos. Uma das maiores corridas de rua do mundo, em 2008 por exemplo ela teve a inscrição de 40.827 corredores de 107 países, 35.913 chegadas oficiais e mais de um milhão de espectadores nas ruas.[2] Junto com outras cinco provas, ela forma a World Marathon Majors, um conjunto de importantes maratonas ao redor do mundo, que oferece 1 milhão de dólares em prêmios a serem divididos entre os principais competidores de elite, homens e mulheres, em cada uma delas.

Localização

Berlim é a capital e um dos dezesseis estados da Alemanha. Com uma população de 3,5 milhões dentro de limites da cidade, é a maior cidade do país, além de ser a segunda mais populosa e a sétima área urbana mais povoada da União Europeia.

Percurso

Demarcado todo dentro da metrópole de Berlim, o percurso da prova começa e acaba próximo ao Portão de Brandemburgo. Por causa da divisão da cidade antes da reunificação da Alemanha, até 1989 ele era limitada à área de Berlim Ocidental. Na edição de 1990, após a queda do Muro, os atletas puderam finalmente atravessar Brandenburgo e a cidade unificada viu corredores passarem por suas duas metades. Um grande número de alemães que participou desta prova cruzou Brandenburgo com lágrimas nos olhos.
Atualmente, após deixar Brandemburgo, o percurso passa por Charlottenburg, contorna o Tiergarten e se dirige ao sul para Friedrichshain. Neste bairro, vira à oeste e passa através de Schöneberg para Steglitz e Zehlendorf, onde vira para o norte de volta em direção ao centro de Berlim. Contornando novamente Schöneberg, o percurso termina fazendo um círculo completo, atravessando novamente o Portão de Brandemburgo até a linha de chegada.

Para mostrar tudinho como foi, eu fiz 2 episódios sobre a viagem à Berlim e a maratona no meu canal do YouTube:


Chicago, aí vou eu!

Acesse meu canal no YouTube e assista a série de vídeos onde eu falo sobre a preparação para a Maratona de Chicago!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *