Ômega 3 durante a gestação pode evitar parto prematuro e ainda aumentar o QI do seu bebê !!!!

Minha primeira meia maratona – dieta da última semana !!
13/10/2015
Conheça o Arroz Negro – grande aliado da saúde e boa forma !!
23/10/2015
Exibir tudo

Ômega 3 durante a gestação pode evitar parto prematuro e ainda aumentar o QI do seu bebê !!!!

Com o tempo vemos que a boa nutrição é muito importante para a manutenção da saúde, principalmente em uma das épocas mais importantes e complexas da vida de uma mulher, a gestação !! Durante esse período nossas necessidades são dobradas e dividimos tudo com a nova pessoinha que está se formando, por essa razão é tão importante darmos atenção e garantir as quantidades adequadas de algumas vitaminas !!

O ácido fólico, por exemplo, é uma vitamina cuja suplementação é indicada a todas as gestantes, ainda quando ainda se planeja engravidar, para evitar más formações no tubo neural do feto.

DHA-supplements-for-lactating-women-may-offer-breast-milk-and-baby-benefits_strict_xxlHá algum tempo pesquisas revelam que o uso de ômega 3, uma substância já conhecida por seu efeito antinflamatório e antitrombótico, durante a gestação pode prevenir parto prematuro e fazer com que o bebê tenha um QI mais elevado e seja “mais forte” !

Em uma das pesquisas realizadas na Universidade do Kansas os cientistas estudaram 300 futuras mamães, escolhidas aleatoriamente. Metade delas foi suplementada durante o final da gravidez com 600 mg diárias de DHA, um tipo de ômega 3. Já as outras receberam um placebo para fazerem parte do grupo de controle. Durante as observações, verificou-se que as gestações do grupo suplementado foram mais longas, acima de 34 semanas, resultando em uma menor incidência de partos prematuros. Os recém-nascidos das mamães que receberam a suplementação também nasceram mais fortes, com peso maior, quando comparados aos bebês das mães que receberam o placebo.
Isso porquê a substância atua melhorando a sustentação dos tecidos e melhorando a circulação sanguínea !

Porém o que mais chama a atenção é que os estudos tem mostrado que o uso do DHA durante a gestação melhora o desenvolvimento cognitivo e sensorial da criança e durante a infância observa-se que essas crianças apresentam maior capacidade de raciocínio e resolução de problemas, e em alguns estudos chega-se a dizer que filhos de mães que consumiram pelo menos 600mg de ômega 3 durante a gestação apresentam QI mais elevado !

Alguns autores associam o benefício do uso de ácidos graxos ômega-3 ao metabolismo de eicosanóides, efeito nas propriedades da membrana e expressão de gene e, por este motivo, são nutrientes biologicamente importantes.

O ácido docoxahexanóico, importante componente das membranas da retina e neurônios, acumula rapidamente no cérebro e retina durante a parte final da gestação e vida pós-natal. É então, segundo o autor, razoável sugerir que a ingestão materna de ácidos graxos ômega-3 possa ter efeitos significativos em vários resultados da gravidez, bem como subseqüente estado visual e neurodesenvolvimento.

Estudos observacionais e intervencionais têm sido relatados, acompanhando a influência de ácidos graxos ômega-3 durante a gravidez, no período inicial pós-parto, na duração da gestação e tamanho do bebê ao nascer, preeclampsia, depressão e função visual infantil, bem como neurodesenvolvimento. Dados disponíveis sugerem um efeito modesto destes ácidos graxos no aumento da duração da gestação e possível melhora no neurodesenvolvimento da criança.

Ainda segundo Ruxton e colaboradores, O DHA tem atividade no cérebro e isso tem sido demonstrado em experimentos animais. Os autores sugerem que a importância do ácido docosahexaenóico no desenvolvimento precoce do cérebro é uma observação lógica, uma vez que o baixo estado de ácidos graxos ômega-3 tem sido associado a efeitos adversos no bebê. Revisão de cinco trabalhos de distribuição aleatória concluiu que suplemento de ácido docosahexaenóico beneficia bebês prematuros nos primeiros três meses de vida.

DHA-1Nos EUA e Europa o uso do ômega-3 durante a gestação já é bem consolidado, aqui no Brasil ainda vemos poucos obstetras indicando, mas provavelmente logo logo será uma regra também !

 

 

 

Então para concluir, os estudos mostram que o uso de EPA e DHA durante a gestção trás benefícios ao bebê e nenhum deles mostrou riscos ou contra-indicações, porém, pergunte a opinião do seu obstetra  antes de iniciar a suplementação durante a gestação! 

 

Por Dra. Giulianna Pansera

 

Giulianna Pansera
Giulianna Pansera
Eu sou a Dra. Giulianna Pansera, médica endocrinologista, mãe, maratonista e promotora da vida saudável. Eu escrevo este blog como forma de motivar as pessoas a estudarem mais sobre os benefícios que o estilo de vida saudável pode oferecer e apoiar as boas escolhas alimentares e esportivas. Você pode me acompanhar por aqui e em meus outros canais, no Insta e no YouTube. Em "Sobre a Giuli" você pode ver o meu perfil completo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *