O que significa que “No GMO” na embalagem de um produto ?

Você gosta de cereja ? Sabia que ela é o mais potente anti-inflamatório da natureza !!!!
05/06/2015
Diabetes e consumo de álcool …. Pode ???
08/06/2015
Exibir tudo

Recentemente surgiram várias pessoas me mandando email e mensagens sobre o que serio a sigla “No GMO” que tem na embalagem do whey protein que eu uso sempre da AboutTime , por isso resolvi fazer um post explicando um pouco isso !!!

A sigla GMO é a sigla de Organismos Geneticamente Modificados (traduzido para o português), organismos manipulados geneticamente, de modo a favorecer características desejadas, como a cor, tamanho etc. Os OGMs possuem alteração em trecho(s) do genoma realizadas através da tecnologia do RNA/DNArecombinante ou engenharia genética.

Tá…. mas porque isso é uma coisa boa ou ruim??!!

A grande questão que vem sendo levantada é o quão seguras são essas tecnologias, se elas estão de acordo com o Guia Internacional para Segurança em Biotecnologia (IGSB) aceito pelo Programa Ambiental das Nações Unidas. Atualmente, os argumentos dos partidários do princípio da precaução forçam os governos de muitos países na União Europeia, Ásia e África a modificar suas políticas e desistir da produção de variedades GMO.

Portanto, é necessária uma avaliação de riscos alimentares com base científica para que os alimentos GMO ou derivados possam ser utilizados como alimento convencional. Os perigos potenciais dos OGM podem estar associados com toxicidade, alergenicidade, alterações nutricionais e efeitos antinutrientes e a possibilidade remota de transferência horizontal de genes.

Nas duas últimas décadas, organizações governamentais e intergovernamentais têm planejado estratégias e protocolos para o estudo da segurança de alimentos derivados de cultivos geneticamente modificados. Os testes de segurança são conduzidos caso a caso e modelados para as características específicas das culturas modificadas e as mudanças introduzidas através da modificação genética.

O maior problema na análise de risco de OGM é que seus efeitos não podem ser previstos na sua totalidade. Os riscos à saúde humana incluem aqueles inesperados, alergias, toxicidade e intolerância. No ambiente, as consequências são a transferência lateral (horizontal) de genes, a poluição genética e os efeitos prejudiciais aos organismos não alvo.

Existem muitas opiniões divergentes sobre este assunto mas existem linhas de pesquisas que mostram que a longo prazo a utilização desses produtos pode trazer riscos e danos a saúde do ser humano.

No entanto, as bases de dados dos potenciais riscos á saúde destes alimentos GMO (geneticamente modificados), são escassos, o que até agora, torna complicado, tirar conclusões baseadas nelas. Apesar deste fato, as companhias que desejam lançar um produto geneticamente modificado (GMO), são obrigadas a testar a segurança desse mesmo produto, porém nunca os testes são realizados a longo prazo.

Várias opiniões tem vindo a se desenvolverem conjuntamente com a evolução dos alimentos geneticamente modificados (GMO). Alguns deles estão a favor, reivindicando que não existem quaisquer diferenças inerentes entre os alimentos produzidos, utilizando organismos geneticamente modificados e aqueles feitos sem; isto é porque, ao transferir um pedaço de ADN de um organismo para o outro, não é introduzida uma substancia estranha. Contrariamente, já foram estabelecidas outras opiniões que indicam que sabe-se demasiadamente pouco acerca dos estudos que tem sido feitos em relação aos efeitos destes alimentos GMOs á saúde publica, e na confiança que se tem em sua segurança.

Algumas investigações foram executadas, para destacar a necessidade de haver mais pesquisa, assim como métodos singulares e conceitos de investigação para sondar a sua segurança. Hoje em dia, todos os alimentos geneticamente conseguidos no mercado, de acordo com o FDA, estão na categoria dos alimentos geralmente considerados como seguros (GRAS).

Conclusão…. não podemos dizer que estes alimentos a longo prazo não causarão danos a saúde, pois não existem esses estudos como também não existem estudos mostrando o inverso. Fica a critério de cada um se sentir seguro a consumi-los ou não !!

Para você ter maior capacidade de escolha fica aqui uma forma de identificar um alimento GMO, todo alimento transgênico é um GMO portanto identificado com este símbolo !!

mo no-gmo transgênico

símbolo dos produtos transgênicos

Atualmente algumas marcas já identificam seus produtos com o símbolo de não contém organismos geneticamente modificado ( no-GMO).

whey-protein-chocolate-908g-600x600

 

 

Por Dra. Giulianna Pansera

 

2 Comentários

  1. Luiza Cordeiro disse:

    Muito bacana, Giu!

  2. SOFIA disse:

    Olá, poderias falar sobre o HMB? vi outro dia sobre ele e achei interessante, gostaria de saber mais 🙂
    Obrigada, Sofia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *