Você gosta de cereja ? Sabia que ela é o mais potente anti-inflamatório da natureza !!!!

Infecções de ouvido : A Famigerada Otite Média Aguda!
01/06/2015
O que significa que “No GMO” na embalagem de um produto ?
06/06/2015
Exibir tudo

Lembramos da cereja só na época do natal né…. frutinha linda para enfeitar as mesas e servir como sobremesa nas ceias de natal e ano novo, mas você sabia que ela além de linda e gostosa traz benefícios para sua saúde ?suco de cereja

Cientistas da Oregon Health & Science University, em Portland EUA afirmam que a cereja apresenta as famosas antocianina, já falei sobre elas aqui quando comentei sobre a amora, as antocianina são uma classe especial de flavonóides que são responsáveis pela corporação da fruta e também pelos seus benefícios terapêuticos. Na verdade os estudos mostram que a cereja apresenta uma grande variedade desse composto, além de outros fitonutrientes poderosos que trabalham em conjunto para proporcionar tal potência terapêutica.

Os cientistas fizeram experimentos com mulheres portadoras de osteontrite entre 40 e 70 anos, e chegaram a conclusão de que tomar suco de cereja 2 vezes por dia durante 3 semanas trouxe uma significativa melhora nos níveis dos marcadores inflamatórios nos exames de sangue, especialmente naquelas mulheres que tinham os mais altos níveis de inflamação no início da pesquisa.

Outro estudo realizado pela Universidade de Boston Medical Center com mais de 600 pacientes portadores de Gota e que apresentavam crises recorrentes, mostrou que o consumo de pelo menos 10 cerejas por dia pode proteger contra o surgimento de crises recorrentes de Gota, aproximadamente 37% menos crises do que os que não consumiram a fruta .

Existem diversos alimentos que apresentam antocianina, mas apenas a cereja apresenta 6  tipos incluindo a cianidina e a peonidina. A maçã por exemplo, apresenta apenas 1, o morango 2  e as uvas 3 tipos.

cerejaO mecanismo pelo qual a cereja é anti-inflamatória é devido a sua capacidade de bloquear a ação da ciclooxigenase 1. E a cereja também é rica em luteína, zeaxantina e beta-caroteno, e para quem não sabe a luteína é um poderoso antioxidante contra o fotoenvelhecimento cutâneo.

Em atletas na Pensilvânia a cereja foi incorporada na dieta com o objetivo de controlar a dor decorrente dos treinos intensos e excessivos.

Hoje existem inúmeros trabalhos em andamento buscando comprovar os benefícios terapêuticos não só da cereja mas também de diversos outros alimentos, buscando formas seguras e não farmacológicas de prevenir ou até mesmo tratar alguns tipos de doença.

Já existem em algumas lojas de suplementos comprimidos de extrato de cereja que podem ser utilizados com fundamentos terapêuticos. Consulte seu médico sempre e nunca interrompa ou inicie um tratamento sem orientação do especialista.

 

Por Dra. Giulianna Pansera

1 Comentário

  1. Rizelle disse:

    Qual o link que Cientistas da Oregon Health & Science University publicou, muito interessante queria saber, estou estudando sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *